Bem-vindo à Mactril

Quem somos

A Mactril – Matadouro do Cabril, Lda afirma-se no mercado como uma empresa de referência cuja missão é produzir carne de elevada qualidade e valor acrescentado, através do abate e desmancha das espécies bovina, suína, ovina e caprina, para comercialização, baseada nas valências e no know-how dos seus colaboradores. Procede, ainda com o serviço único de abate, para terceiros, bem como com a comercialização de produtos de charcutaria no seu estabelecimento.


A sua presença no mercado caracteriza-se pela qualidade do produto, preservando os valores tradicionais, respeitando o meio ambiente, o bem estar animal e o crescimento sustentado, como objetivo principal fidelizar e satisfazer todos os nossos clientes.


Orgulha-se de ser, atualmente, o maior empregador privado do concelho de Pedrógão Grande, integrando nos seus quadros grande parte dos funcionários do antigo matadouro ali existente, e promovendo a sustentabilidade de produtores pecuários e de retalhistas locais/regionais.


Com clientes em todo o território nacional, a Mactril encontra-se em fase avançada do seu processo de internacionalização, para o mercado grossista espanhol, expandindo assim a sua atividade para a totalidade do mercado ibérico (continental).

Serviços

– Abate de Bovinos, Suínos, Ovinos e Caprinos
A Mactril é uma unidade industrial onde são abatidas e preparadas carcaças das espécies Bovina, Caprina, Ovina e Suína. As práticas estabelecidas para o adequado cumprimento destes processos produtivos, são rigorosamente controladas, monitorizadas e revistas, de forma a garantir a qualidade do produto final.

– Desmancha
Dando continuidade às atividades de abate, a Mactril procede à desossa, desmancha e acondicionamento a vácuo de carnes.

– Comercialização
Complementarmente à atividade de abate e desmancha, a Mactril dispõe de uma frota de viaturas frigoríficas que asseguram a distribuição de carne em Portugal Continental, bem como se encontra em fase de expansão da rede de distribuição para a totalidade do mercado ibérico. A distribuição responde eficazmente às condições necessárias para manter um ambiente seguro (higiénico e sanitário) desde a expedição até à sua entrega. Todas as viaturas são dotadas de instrumentos de controlo, com intervalos frequentes e regulares, da temperatura do ar a que estão sujeitas as peças.

– Charcutaria
Paralelamente à atividade industrial de abate e desmancha das espécies animais, a Mactril comercializa também diversos produtos de charcutaria – carnes curadas e enchidos.

CLIENTES E PARCEIROS

Os principais clientes da Mactril são:

⦁ Comerciantes / Retalhistas
⦁ Entrepostos
⦁ Salas de Desmancha
⦁ Indústria
⦁ Talhos
⦁ Restaurantes
⦁ Supermercados

BOVINO

A carne bovina é uma das variedades de carne mais consumidas na Europa, nas Américas e na Austrália, e muito importante na alimentação de populações da África, Ásia Oriental e Sudeste Asiático. A carne bovina é, ainda, um tabu culinário em algumas culturas, e o seu consumo proibido em algumas religiões.
De acordo com o corte a que é submetida, a vaca divide-se em pedaços de carne de categorias diferentes. A carne de 1ª categoria é geralmente utilizada para grelhar, fritar, assar ou estufar, enquanto as de 2ª e 3ª categoria são utilizadas em estufados, cozidos ou guisados. Deste modo, o segredo de um prato de carne de vaca suculento é confecioná-la da forma correta.

O seu aproveitamento é quase total, pois praticamente toda a vaca é consumida, nas mais variadas formas:
⦁ carne muscular (cortada em bifes, peças, desfiada ou moída)
⦁ sangue (utilizado em morcelas)
⦁ rabo, língua, tripa, coração, fígado, rins e intestinos
⦁ diversas glândulas (pâncreas, timo e molejas)
⦁ testículos (carne especialmente macia, conhecida nos Estados Unidos como “ostras das Montanhas Rochosas” ou “ostras da pradaria”)
⦁ ossos (aproveitados pelo tutano e para fazer caldo)

Os bois têm um pouco menos de gordura e mais músculo, quando criados em condições iguais às vacas. Quanto mais jovem é a vaca/ boi, mais tenra é a carne, sendo que a idade influencia o sabor e a textura da carne, embora a maciez dependa essencialmente do corte.
Este tipo de carne é uma ótima fonte de proteína, fósforo, ferro e de vitaminas do Complexo B, especialmente a vitamina B12, tendo a particularidade de manter as suas propriedades nutricionais depois de cozinhada.

– Exemplo da peça Alcatra: É considerada uma carne de primeira categoria, normalmente usada na preparação de bifes, assados e grelhado

SUÍNO

Existem dois tipos: porco de carne branca e porco preto ibérico
A carne de porco é geralmente mais barata do que a carne de vaca e é, indubitavelmente, o tipo de carne mais consumido em Portugal.
Ao contrário da carne de vaca, a carne de porco não necessita de ser pendurada, podendo ser vendida e processada diretamente. É aconselhável utilizá-la rapidamente, evitando assim alterações de sabor.
A alimentação do porco determina a composição gorda da sua carne, podendo eliminar-se facilmente porque se encontra logo abaixo da pele. A parte traseira do animal é a mais qualitativa, rica em proteínas, adequada para assar já que é menos gorda e mais digestiva. As peças dianteiras precisam de ser cozinhadas durante mais tempo para que sejam mais tenras.

OVINO

A carne ovina abrange três tipos de animais:
– cordeiro: entre 4 meses e 1 ano de idade.
– carneiro: animal adulto e castrado.
– ovelha: é a fêmea adulta, que fornece leite e lã.

Dos três tipos, a mais consumida é a de cordeiro. Possui textura lisa, macia, coloração rosa-avermelhada, de consistência firme e com pouca gordura. Nos animais mais velhos, a gordura é mais escura e abundante.

CAPRINO

O cabrito transformou-se assim num dos maiores símbolos da gastronomia nacional, existindo receitas distintas de norte a sul do país. Em Portugal o cabrito está associado a épocas festivas nas quais se inclui a Páscoa. Apesar do método de confeção de eleição ser assado, é comum ainda encontrar o cabrito grelhado, guisado ou estufado como parte da nossa gastronomia.

Cabrito Estonado
O assado é uma das formas mais tradicionais de servir a carne, mas entre as várias receitas de cabrito no forno há uma que se destaca pela sua originalidade. Trata-se do cabrito estonado, um dos pratos emblemáticas de Oleiros (distrito de Castelo Branco). Este cabrito tem a particularidade de não ser esfolado, mas sim estonado. Ou seja, logo após ter sido abatido, é rapidamente escaldado em água a ferver e depois retiram-se-lhe os pelos, deixando a pele totalmente limpa e lisa. Diz-se estonado porque se lhe extrai o que está à tona, à superfície. Mantendo a pele, que fica estaladiça, o cabrito não perde gordura, ganhando a sua carne em suculência e sabor.

BEM-ESTAR E QUALIDADE

– O Bem-Estar Animal é a principal prioridade da Mactril, e exige o cumprimento das medidas implementadas, consideradas necessárias para minimizar o stress e o desconforto dos animais, durante todo o processo pré-abate.

As condições em que os animais são abatidos têm um enorme impacto, direto e indireto, na qualidade dos produtos destinados à alimentação humana ou animal.
Há, por todos os motivos enunciados, uma exigência máxima no cumprimento rigoroso das ações que envolvem o bem-estar animal.

– O prestígio das empresas e marcas constrói-se através da qualidade dos seus produtos ou serviços. Por essa razão, a Mactril incorpora um rigoroso controlo de qualidade no seu processo produtivo, desde a seleção das matérias-primas (animais) até à entrega no cliente, passando necessariamente por todas as etapas da cadeia de produção.

A unidade industrial e viaturas de transporte estão, por isso, equipadas com os meios tecnológicos, materiais e humanos que garantem, em permanência, a produção e distribuição de carnes de elevada qualidade.
A nossa Unidade Industrial está equipada com os meios tecnológicos, humanos e materiais que nos garantem, no dia-a-dia, a produção de Alimentos Seguros e de elevada Qualidade.

MACTRIL – MATADOURO DO CABRIL, LDA
Rua do Castelo Velho, nº 2
3270-129 – Pedrogão Grande
Tel.: (00351) – 236 149 273 / 236 149 274

TOP